Paróquia da Vergada

Pesquisar

Go to content

Para reflectir

Reflexões


4º DOMINGO DO ADVENTO

Por: P. José Castro de Oliveira



O evangelista Mateus, neste 4º Domingo do Advento, coloca em destaque a figura de S. José, a quem, sob a forma de sonho, foi revelado o que se estava passando como que ‘nas suas costas’, situação que lhe provocava grande sofrimento.

Sendo homem “justo”, sentia-se na obrigação de ter de denunciar a sua noiva, o que lhe desagradava imenso, pois era a mulher que amava, era a mulher dos seus sonhos...

Não admira, portanto, que tivesse insónias e passasse muitas horas a tentar descobrir uma escapatória plausível, como, por exemplo, uma viagem longa e demorada, para que, durante a sua ausência, as coisas se resolvessem.

É neste contexto, então, que, “em sonhos”, o Anjo lhe fala e tudo se resolve: recebe Maria em sua casa e assume publicamente toda a responsabilidade!

A forma de anunciação usada por Deus em relação a José permite-nos intuir até onde ia a ‘justiça’ deste homem: uma obediência total, sem queixumes, sem reclamações, sem explicações; uma obediência silenciosa: levanta-se e cumpre!

Num tempo em que exigimos explicações para tudo, em que se diviniza a liberdade individual e se contestam todas as imposições, a atitude de obediência pronta de José apresenta-se como um desafio a todos nós. Percebemos também que os caminhos de obediência que Jesus percorreu foram bebidos e aprendidos na obediência de seus pais!

A anunciação ‘a’ S. José torna-se, assim, anunciação ‘de’ S. José para todos nós, a fim de com ele aprendermos a ler e acolher a mensagem de Deus em todos os acontecimentos da vida.

Com razão, a Liturgia canta: “servo fiel, humilde e silencioso, mártir da solidão em longo exílio, S. José nos ensina a caminhar na vida, a edificar na [obediência da] fé a paz dos nossos lares”.

Também S. Paulo nos fala da “obediência da fé” como caminho para a salvação, “graça e missão de apóstolo” a ele confiada e a todos nós, cristãos.

Perguntemo-nos, pois, se os caminhos que temos percorrido ao longo deste Advento são os da “obediência da fé”, pois é só por eles que o Salvador pode chegar até nós!


Página Inicial | Historial | Movimentos | Informações Úteis | Actividades Pastorais | Notícias / Avisos | Reflexões | Contactos | WebLinks | Atas | Site Map


Back to content | Back to main menu